Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As palavras que o vento não levou

querer ser .

IMG_3119.JPG

 Deixa-me ser tudo o que ainda não fui. Deixa-me ver tudo o que ainda não vi. Deixa-me estar onde nunca estive. Deixa-me ouvir tudo o que nunca ouvi. Deixa-me dizer tudo o que nunca disse. Deixa-me olhar tudo o que ainda não olhei. Deixa-me estar aqui, porque só estive ali. Deixa-me partir porque sempre quis ficar. Deixa-me voar porque sempre quis andar. Deixa-me ser o tempo que não pára, que se re-inventa, que inova, que é sempre diferente, por de constante nada ter.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D