Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As palavras que o vento não levou

deixem-se ser .

IMG_7601.JPG

 

 

Ser mais do que aquilo que sou. Lutar mais além. Chegar ao topo. Cair. Voltar a subir os degraus. Sentir que a derrota, me tornou mais forte. Aprender com isso. Ser mais e maior. 

Queremos tanto evoluir, sermos mais... que nos esquecemos de sermos nós, apenas nós. O próprio eu. Preocupamo-nos, em demasia, com os que nos observam, que esquecemos que há algo do lado de cá. Que mais do que todo o mundo, fica feliz com as nossas vitórias e nos apoia, seja em que vício for, nas nossas derrotas. Apresento-vos - O Ego. Esse Senhor que nunca nos abandona. Esse que muitas vezes mandamos aqueles sítios feios, que se dissipam nos "piiiis". 

Somos tão injustos connosco, por vezes. Não nos damos valor. Deixamos que o que os outros querem nos guie. Esquecemo-nos de viver por e para nós. De estarmos bem quando estamos sozinhos. 

Vamos ser felizes. Lutar pelo "mundo lá fora", porque queremos. Estou certa de que quem nos quer bem, está a aplaudir-nos.

A verdade é que por vezes temos que sair da nossa zona de conforto. Virar para o desconhecido e fugir do comum. Ser sempre mais. 

 

Deixem-se ser, por aquilo que a vossa consciência vos guia.

 

 

2 comentários

  • Sem tirar nem pôr!
    Primeiro ser, depois parecer! :)
  • Comentar:

    Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Arquivo

    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D