Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As palavras que o vento não levou

existir .

IMG_2439.JPG

 

Não sabemos o correto.

Idealizamos.

Por vezes, criamos.

Invertemos.

Damos eufemismos ao que deveria ser metafórico.

Personificamos o que não passa de um pleonasmo.

Criamos expectativas sobre aquilo que ainda não é.

Para que o seja, além de uma mera ilusão.

Para que seja concreto.

Que exista.

 

chegar .

IMG_2162.JPG

                                                                            Jardins Gulbenkian

Fui passar uns dias a Lisboa. Daí a ausência de posts.

 

Dos pés, vai-se fazendo o caminho. Quero que sejam os relógios que comandam o dia-a-dia. Que orientem. 

Que guiem. Que seduzam os degraus que estão ainda por subir. Não quero facilitismos.

Quero chegar. 

 

 

 

rir .

IMG_2047.JPG

 

Rio. Porque rir faz bem. Dizem que a rir ficamos mais bonitos. A verdade é que quando rimos, estamos bem connosco. Com o que somos. Com os outros. Com o que os outros são.

Rimos por loucuras. Rimos porque emanamos felicidade. E sorrimos. Rimos ao ver um sorriso. Porque conforta a alma. Aquece o miocárdio. Faz querer mais. Acelera a frequência cardíaca. Chega até a dissipar-se pelo corpo. A ser mais. 

O riso faz-nos querer mais. Desejar mais. Sempre mais.

Porque queremos sempre mais daquilo que tão bem nos faz.

E acreditem... Rir gera felicidade.

Por isso, riam... Muito!

 

Os sorrisos que damos, são os risos que tão bem nos querem.

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D